Em linha (de montagem)

by Le petit bas-bleu

O encerrar da reunião de tupperware dá lugar a novos turnos de proletariado.

O facto de inúmeras vezes designarem os operários como empresas, isto é, OPERADORES, não é motivo para os deixarem mais satisfeitos: dirigem-se igualmente cabisbaixos para as catacumbas, prontos para se sentarem num lugar ainda quente e misturarem os seus micróbios com os de outras espécies em extinção, cujo turno termina ainda a tempo de assistirem às 9 novelas da noite.

Com apenas uma sombra do lado direito programada para repetir “Já está?” e uns cliques no rato pegajoso, se o operário não vomitar para o lado depois de fazer um Zoom In ao teclado, poderá então considerar-se o antónimo de “sem siebel” e no seu habitat natural, que é a linha de montagem.

Anúncios