aRmada em Negreiros

by Le petit bas-bleu

Hoje estou aRmada em Negreiros, mas não me apetece criticar. Aliás, não é uma questão de apetites, é mais uma tendência natural que hoje se encontra mais latente do que patente, mais a oriente do que a ocidente, mais carente e deficiente!

Hoje apetece-me escrever entre linhas, mas não tenho confidências para camuflar em montras secretas. Primeiro há que ser tudo escrito em linhas tortas para que posteriormente eu possa endireitá-las.

E quando não há confidências o que resta são as evidências. Essas sim eu gosto de pintar, esticar, cortar, colar, disfarçar, às vezes deito-as fora discretamente, outras vezes guardo-as com orgulho, ou vergonha.

Há alturas em que me apetece cuspi-las, vomitá-las, despejá-las, mas não devo. Vou libertando-as em espirros pontuais, quando a constipação foge do meu controlo, então espirro sequencialmente.

Se não for doença crónica, curo-me em casa.

Anúncios